"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

sábado, maio 26, 2007

sábado, ou um dia a mais para a perfeição

hoje a música está alta. fui buscar o cd que me gravaste. é longo. várias faixas, dos anos 80 a outros anos que os olhos nem sempre recordam mas a pele não pode ignorar. tantas canções a pedirem que encoste a cabeça ao teu ombro e dance. mas há coisas que não devemos permitir que se repitam. pode ser?


a porta aberta e outro alguém onde dançar os braços. é tão bom quando chegas com esse sorriso, me puxas para dançar e depois me sentas à mesa contigo e desenrolas as tuas histórias, de vidas passadas entre copos e viagens, desperdício de olhares, procura do abismo. recuperaste a embriaguez quando te decidiste a perde-la. gosto da tua loucura. e gosto de te confidenciar as minhas histórias. tu adivinhas-me, mesmo se falo pouco. e se olhar é tão mais forte do que partilhar corpos, acho que também já dormimos na mesma cama. tantas vezes me levaste no teu carro vermelho. e eu sempre parada à porta.


a tarde avança entre gritos de crianças na rua. já não tenho cigarros nos bolsos para conter a ansiedade das horas. penso em ti. é irónico o pouco que temos em comum. os livros de cabeceira. os filmes das nossas vidas. as canções que nos marcaram. as conchas, as pedras, os pacotes de açúcar... não és o meu reflexo mas também não temos que ser o espelho de ninguém.


não voltes. atrasa-te. demora-te de casaco descaído sobre os ombros. deixa que se escape o primeiro combóio, depois o segundo...mais tarde, da liquidez dos objectos que se deixam guardar, colherás as tuas asas.

voa.

fecho a porta. invento uma nova versão para dizer: não há dias perfeitos. mas este podia ser um deles.


Az

10CC - I'm not in love

I'm not in love, so don't forget it.
It's just a silly phase I'm going through.
And just because I call you up,
Don't get me wrong, don't think you've got it made.
I'm not in love, no no, it's because...
I like to see you, but then again,
That doesn't mean you mean that much to me.
So if I call you, don't make a fuss -
Don't tell your friends about the two of us.
I'm not in love, no no, it's because...

I keep your picture upon the wall.
It hides a nasty stain that's lying there.
So don't you ask me to give it back.
I know you know it doesn't mean that much to me.
I'm not in love, no no, it's because...

Ooh, you'll wait a long time for me.
Ooh, you'll wait a long time.
I'm not in love, I'm not in love...

3 comentários:

hiroshima disse...

e esses ombros ficavam-te tão bem
se bem me recordo

Az disse...

de alguns ficam-nos os ombros. de outros, os olhos. de outros outros, as palavras. a boca. o sorriso. fica-nos bem quem nos quer bem.

Cometa 2000 disse...

é muito bom quando nos deparamos com uma escrita sensível e profunda.
como o dia, o texto é iluminado.
:)

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: