"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

terça-feira, julho 17, 2007

would you have me dancing out of nowhere...*


Bill Brandt


eu explico:
a tarde regressa
é julho outra vez
e da janela já não se vê o mar
debruço-me sobre telhados
e os risos das gaivotas
dia e noite
escrevem com lentidão o norte e o sul

nesta tarde fazes-me falta
porque remexi em gavetas antigas
e descobri-te por entre a cor antiga dos retratos

eu explico:
é julho,
não há fogo a levantar-se dos livros
nem mar
a escorregar pela pele
talvez um peixe escondido por baixo dos cabelos

talvez esteja a precisar de mudar alguma coisa
a mobília de quarto
a cama
a cor das paredes

é que faz-se tarde
e mais tarde ainda
de cada vez que penso
que serias só tu



*Banda Sonora: roxy music, avalon.

3 comentários:

CNS disse...

Será tarde? Lindo...

Gostei da nova cara do teu espaço.

bjs

Natália Nunes disse...

Olá, Ana (adoro esse nome, me lembra LavourArcaica).

Encontrei seu blog através do blog da Aida.
Adorei!
Muito suave a sua escrita, me senti a vontade com ela.

Voltarei mais vezes!

bruno .b.c disse...

bom, bom, Ana.
gostei muito desse
eu explico: logo
assim: no in�cio.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: