"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

terça-feira, agosto 14, 2007

aqui. debaixo desta pedra. pele.
ouves? um dia não será preciso
rumor algum para adivinhar.

2 comentários:

Mary disse...

lugar de promessas: aí debaixo dessa pedra, esquece os rumores e as vozes das palavras por adivinhar....

ana disse...

o exercício agora é outro. é não fazer da pele um lugar de promessas. e não sei porquê acaba sempre por me vir à lembrança um certo filme, uma determinada actriz, uma determinada afirmação. outras vozes, mary.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: