"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

sábado, março 29, 2008

Instantes...

*O meu gato é tão lindo que se enrosca nos meus braços e adormece comigo debaixo dos lençóis, enquanto a gata me aquece os pés.

*Depois de um "estás a ficar gorda" ainda na memória, o meu irmão presenteia-me com um "estás bonita hoje".

*O "pulsar" dos Danças Ocultas é dos melhores discos que me esqueço de ouvir com regularidade.

*Deixo uma réstia de cigarro a arder na calçada e segundos depois alguém o leva por entre os dedos.

*Emociona-me abraçar alguém que não vejo há anos.

*Sinto que a esplanada amarela da minha faculdade se mudou para o Porto neste fim-de-semana. Pena que algumas mesas tenham ficado vazias.

*A minha ressaca é não escrever um poema há semanas.

*Ciao

2 comentários:

menina limão disse...

bonitos, estes instantes.

Mary disse...

esplanada amarela. também fiquei com essa ideia. e não conheço a tua faculdade e muito menos sei se o amarelo é das mesas ou do toldo.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: