"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

sábado, outubro 04, 2008

DSCF4264


Ao fim de quatro anos, o Porto é o que é. E eu sou o que sou. E isto é o que hoje é.

Ao fim de quatro anos, a minha teimosia reforça-se. E por cá vou ficando.

3 comentários:

menina limão disse...

já? vamos aproveitar enquanto por cá fico também...que depois serei eu a fazer contas à vida do lado do sul.

ulrich disse...

e resiste-se contra o céu cinzento e as paredes de granito escuro?

ana c. disse...

tem dias em que o difícil é resistir face ao cinzento daquilo que nos chega às mãos.


menina, havemos de aproveitar, quer a sul, quer a norte.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: