"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

quarta-feira, outubro 15, 2008

À vossa espera: revista criatura, n.2, setembro 2008

na maria vai com as outras



No one will ever save you if no one can ever find you


de tanto inclinares o corpo para o medo tropeçaste
nesse quarto vermelho que trazes no peito. suspeito
de crimes desmesurados nele cometidos escritos
a meia-luz com metade dos teus dias. deixa apenas
um pouco menos de silêncio à porta e espera por mim.
abrirei as mãos para te revelar o fim da história.


pedro jordão

revista criatura

2 comentários:

menina limão disse...

oh que lindinha. :)

lá estarei, claro. os dois, aliás. tu não?

ana c. disse...

não posso. estou a trabalhar. agora isto é vida de escrava. ainda pior do que já era. lisboa, apenas por um canudo...

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: