"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

quinta-feira, janeiro 03, 2008

e o mundo inventou o ruído





prefiro pensar que não há pessoas
como as dos filmes do david lynch.

4 comentários:

ka disse...

de facto, principalmente as pessoas deste eraserhead.

donde virá a inspiração e/ou a necessidade de as inventar?

menina limão disse...

mas tens dúvidas de que não as há?

ana c. disse...

eu prefiro pensar que os filmes do david lynch são abordagens aos piores pesadelos.

Objecto Permanente disse...

Acho que as há. Lamento é não as reconhecer quando ando por aí acordado.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: