"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

segunda-feira, abril 21, 2008

uma inocente inclinação para o mal

a naifa

1. Um feitio de rainha
2. Filha de duas mães
3. Na página seguinte
4. Esta depressão que me anima
5. Um rapaz mal desenhado
6. Dona de muitas casas
7. O ferro de engomar
8. Apenas durmo mal
9. Pequenos romances
10. Na aula de dança
11. O ar cansado dos meus vestidos
12. Nas tuas mãos vazias
13. Uma ligeira indisposição
14. Apanhada a roubar




À primeira audição, não me desilude. À primeira audição, gostei, sobretudo, de "Nas tuas mãos vazias", "O ar cansado dos meus vestidos", " O ferro de engomar", "Na aula de dança" e "Esta depressão que me anima."



não quero o amor
o que me entusiasma é a boa imitação

10 comentários:

menina limão disse...

ú. esta depressão que me anima a juntar-se a esse excerto = ú la la.

(mas eu não ouvi ainda)

ana c. disse...

é fantástico como os anteriores. eu depois empresto-to, se quiseres ;-)

menina limão disse...

coitada, mais uma despesa em cd's. Não me esquecerei de te oferecer um pack de 100 virgens nos anos. bom, mas neste caso só me vais mesmo emprestar. posso não gostar, como não gostei dos outros, cof cof cof.

um pack de 100 virgens. gostaste? :p

ana c. disse...

teve imensa piada. ainda me estou a rir sozinha, correndo o risco de ser considerada tolinha (o que também não andaria muito longe da verdade)...

menina limão disse...

really? sua tola. hehe

sou mais generosa que Alá.
Beat that.

ana c. disse...

sim, generosidade é contigo :-p

menina limão disse...

nunca te ensinaram que não se fala de boca cheia?

ana c. disse...

:p mas posso deitar a língua de fora?

menina limão disse...

Podes. Sabendo, claro, do risco das consequências.


(isto não é conversa para dia de trabalho. mãos à obra.)

ana c. disse...

sim, menos conversa e mais acção. eheheh. bom trabalho!

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: