"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

sexta-feira, junho 08, 2007

tempo de chegar a casa








fotos: Bill Brandt

4 comentários:

ka disse...

sugestões para a chegada:

nao usar solas-lisas-passos-asas-de-libelinha
subir a calçada descalça sentindo as pedras boleadas,
abrir a janela e reservar o cadeirão,
aguardar,
finalmente,
diálogo corporal com o anjo de negro,
ou entao prendê-lo com um boleado feitiço de pé.

Cometa 2000 disse...

a preto e banco... estás de luto?

[só porque não há duas sem três]
;)

excelente post. bom fim de semana.

Az disse...

dois ou três passos e arrasto pelo soalho a poeira solta dos gatos. mais cor ali. mais luz ali. os livros ao alcance dos olhos e das mãos. o único diálogo que permito nestes dias. páginas dentro. é feitiço, sim. palavras e imagens. prometo para depois do fim de semana fotos, sem preto, sem branco. sem luto.

bom fim-de-semana.

Cristina Nobre Soares disse...

Gosto da luz deste preto...e branco.

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: