"Nada torna, nada se repete, porque tudo é real."
*Alberto Caeiro

segunda-feira, agosto 27, 2007

Ed Harcourt - rain on the pretty ones




I'm the hunter who's killed by his dog
I'm the statue burnt down into lead
I'm the problem you don't want to solve
I'm the lover who dies in his bed

So rain on the pretty ones
Your useless lives don't speak to us
Rain on the pretty ones
You leave no footprints in the dust
Adventurous you used to be
But now you seem so dead to me

I'm the doctor with a needle in his arm
I'm the cartoon that makes you feel sad
I'm the secret that everyone has
I'm the cancer that never turns black

So rain on the pretty ones
Your useless lives don't speak to us
Rain on the pretty ones
You leave no footprints in the dust
Adventurous you used to be
But now you seem so dead to me

I'm the actor who's scared to perform
I'm the sunshine that hides in the clouds
I'm the father that couldn't be found
I'm the cuckoo that never flew south
I'm the Christian that cannot forgive
I'm the dreamer who jumps off the bridge
I'm the sinner who hates how he lives
I'm the liar who gets what he gives

5 comentários:

sam disse...

"I'm the cartoon that makes you feel sad" = imagem perene do espelho

ana disse...

às vezes, é melhor não olhar os reflexos.

Mary disse...

tanta coisa por meia dúzia de pingos quentes...ou como é bom comer pão com geleia...devaneio do dia. foi da chuva

ana disse...

estás a falar da quantidade de posts que fazem referência à chuva? acho que foi coincidência coincidirem com a própria chuva. nada mais.

mas os pingos não eram quentes...

Mary disse...

coincidência ou não os pingos eram quentes. olha, hoje está como eu gosto...a perfect day

Ontem foi:

About me:

A minha foto
a entropia é a minha religião. alterno a leitura da bíblia com a interpretação de mapas e mãos. bebo, preferencialmente, azul. tenho, ainda, o hábito de escrever cartas_

Sopra-me ao ouvido: